ponto um: finalmente o nuno gomes marca um golo.

ponto dois: mesmo assim acabaram as apitadelas, as concentrações, os cachecóis, as caras pintadas, as perucas, as mãos na cabeça.

efeito: acho que consegui sentir um país inteiro ontem a perguntar-se mentalmente “então e agora, pá? sem bola…”