As televisões e as rádios romenas poderão ser, em breve, obrigadas a incluir 50 por cento de notícias positivas nos seus telejornais e blocos noticiosos, devido a uma lei aprovada hoje, por unanimidade, no Senado.

“Os programas de actualidade nas televisões e nas rádios devem conter, em igual proporção, informações positivas e negativas”, prevê a nova legislação, que foi já remetida ao presidente Traian Basescu para ser, eventualmente, promulgada.

Para apoiar este diploma, os dois senadores que o propuseram – um do Partido Nacional-Liberal (no poder) e outro do Partido da Grande Roménia (de extrema-direita) – invocaram o “extraordinário poder nocivo” das notícias negativas e os seus “efeitos irreversíveis na saúde e na vida das pessoas”.

in Jornal de Notícias

A favor, sempre, de menos bad news is good news, tenho também de admitir que se a realidade for, simplesmente, negativa, não há como escondê-lo. Para além do facto de me fazer comichão as notícias serem reguladas a priori.