ele: não me quero sentir na obrigação de ir lá.

ela: se para ti é uma obrigação nem eu quero que vás lá.

[não sei o que fazer nesta parte da história. normalmente fujo. sempre estive bem sozinha. desta vez não quero fugir. quero é perceber se é por teimosia ou amor. da minha parte, e da dele.]