e o reencontro duas semanas depois apaga todas as dúvidas que nasceram num entretanto temperado a sal e sol e a solidão, e naquela hora nada mais era que não os teus braços em mim, mas o depois surge sempre como uma adaga afiada, que se intromete nas tentativas de fazer com que fique tudo bem, tem de estar tudo bem, não tem?, quem diz que o amor só não chega, eu sei que digo isso mas porquê, tem de chegar, tem. dura, por favor. dura.