os escuteiros são espertos: apanham-nos na rua enquanto estamos ao telefone e servem-se convenientemente do puto mais pequenino do grupo que nos espeta com um calendário à frente “não qué compar um calendaio?” e os olhos de gato das botas fazem com que um euro e meio encontre o seu caminho até à carteira sorridente do membro mais velho do grupo – espertos, pá.

fiz uma tarde de limão, ficou tão, tão boa. ainda bem que em lisboa o meu forno não funciona, caso contrário o mais provável era daqui a um mês não caber no elevador.

estou a adorar o trabalho novo e já delinei tema para tese (depois de ter faltado às duas primeiras semanas de aulas). caramba, as coisas compõem-se. bom, excepto no departamento amoroso, esse continua num estado de indecisão (des)confortável.

preciso de um par destes:

img-thing

 

fora comprá-los online, onde arranjo coisas destas em lisboa?