… desde que li o rogério casanova sobre bolaño e respectivos mundos interiores.

ora, eu agora sou pobre – recordam-se da história do “vou ganhar menos e ser mais feliz”? pois. considerem a dica dada (isto soa mal mas não estou com cabeça para corrigir-me). entretanto consolo-me com uma noite no bairro com as meninas. afinal, não preciso de mais nada.

00000223595