Archives for the month of: Maio, 2010

e ora bolas para nós.

para a c.

apercebo-me que, pela primeira vez, todo o meu passado está resolvido. não mudaria nenhuma decisão. não regressaria por ninguém. estende-se uma gigantesca folha em branco. acho que agora  se trata apenas de fazer figas (e esperar ter aprendido alguma coisa), não?

[ainda bem que tenho preguiça para ir ver quantos euros são 284 dólares]

outfit para férias.

depois não digam que não gosto de vocês. vide, por favor, the impossible cool.

[já não sei onde vi isto mas foi como esbarrar contra uma parede]

parvalheira-pré-férias.

ausência devido a dias de 10, 11 horas seguidas, almoçar à secretária, trabalhar ao fim-de-semana… suspensa enquanto a primeira semana de junho e as férias [espero não atrair o azar] chegarem. espero que vocês estejam melhor que eu!

cavaco dá “sim” a casamento gay.

sem a happy friday do costume (exaustão laboral impediu a minha normal procrastinação nesse dia), resta-me a happy monday – sou uma mulher de simetrias.

at some point in life the world’s beauty becomes enough. you don’t need to photograph, paint or even remember it. it is enough. no record of it needs to be kept and you don’t need someone to share it with or tell it to. when that happens – that letting go – you let go because you can.

toni morrison.

isto, hoje, no musicbox [agora é só arranjar energia para chegar até lá].

you can’t win, charlie brown.