sempre li imenso, desde criança – bom, desde que aprendi a ler. foi assim um descobrir incendiário. nunca mais ninguém me separou dos livros. e hoje estava a viajar (procrastinar, leia-se) online quando me deparei com os moomins. ai que saudades que eu tenho deles. tenho apenas um livro, que é ligeiramente surreal e que eu adoro (tenho de o descobrir, dentro das muitas centenas que já ultrapassam o milhar de livros que tenho em casa dos papás, o meu armazém até eu ter uma casinha só minha aqui na capital da luz lusa), e do qual me lembro até hoje. ora, quem me conhece sabe que a memória é daquelas coisas que me falha, é ela e o bom senso. então eu ainda hoje me lembrar do quanto adorava este livro é assim algo de prodigioso. as histórias são fabulosas, repletas de pormenores (muitos só entendi quando fui mais crescidinha, um pouco como ler “valley of the dolls” aos 13 e achar que aquilo era um pouuuco estranho….).

meet some of the moomins:

(eu amava este. acho que era por causa do chapéu.)

os livros são tão bons, acho que vou mandar vir do amazon mais. história completa deles aqui. onda revivalista ao ataque.

The Moomins are a family of small hippopotamus-like creatures. They are thoughtful and inquisitive, and their personalities are only half decided by their names. Creatures is really the only word to describe the other beings that populate the landscape.